sábado, 5 de dezembro de 2015

Nuvens
















Nuvens

Tentei contar
todos os lados de uma nuvem
mas logo tudo o que eu contava
se desmanchava
e outra forma
me obrigava a recomeçar
a olhar de lado
até que a nuvem inteira
mais suja e cheia
integrou-se à outra maior
e incontrolável
eram tantos os lados
ocultos por paredes de prédios
de insuportável arquitetura
que o céu pôs de lado o azul
e todas as nuvens se recolheram
ao lado escuro
onde só os sonhos contam.




Um comentário:

  1. Interessante inspiração... Contar lados da nuvem... só mesmo em sonhos!
    Abraço.

    ResponderExcluir