sábado, 25 de agosto de 2012

Oximorada




 










Prece
(sem palavras)
desce
(pela febre)

da língua.

Do que se pede

- lua inominada,
novo destino
beijo rasurado -
se esquece
(mal termina
a última sílaba
no canto oco)
o abalo do corpo
na eternidade
do ainda há pouco.

Um comentário:

  1. Ele se foi... Fechou os olhos e partiu para a eternidade de malas vazias...

    ResponderExcluir